About Me

Agentes de endemias fazem combate aos vetores da doença de Chagas em escolas do bairro Caraíbas



Agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Umarizal realizaram nesta sexta-feira, 06, um trabalho de combate aos vetores da doença de Chagas em escolas do bairro Caraíbas. O principal transmissor da doença é o barbeiro. Alguns desses insetos foram encontrados nas unidades educacionais.

Os agentes estiveram presentes na Creche Municipal Janoca Costa e na Escola Municipal Padre José Sauer, para borrifar veneno. “Encontramos alguns barbeiros e, por ser uma escola, pra segurança dos alunos, achamos importante fazer a borrifação”, comentou o coordenador dos agentes, Carlos Alberto.

O trabalho de combate ao transmissor da doença de Chegas está acontecendo primordialmente na zona rural, segundo Carlos. “Já terminamos uma parte da zona rural e vamos para a próxima. Na zona urbana, nós estamos fazendo em locais específicos. Locais que tenham registrado o surgimento de barbeiro”, detalhou o coordenador explicando a realização da borrifação nas escolas.

“É um trabalho que estamos fazendo na zona rural e que iremos fazer em todas as escolas do município. Basta o diretor solicitar também que a nossa equipe marca o dia e vai fazer o trabalho”, acrescentou Carlos Alberto.

Para realizar o trabalho desta sexta-feira, 06, as aulas foram interrompidas. “A gente fecha a escola, pulveriza e passa dois dias sem aulas pra que o veneno não prejudique a saúde das crianças”, explicou.

A Secretaria Municipal de Saúde realiza o acompanhamento de locais onde os insetos são encontrados. Em ambientes onde se verifica a presença dos vetores, os moradores são submetidos a exames médicos para constatar se foram infectados ou não pelo parasita.

Chagas

A Doença de Chagas mata 12 mil pessoas por ano. Ela é transmitida pelo barbeiro, que é um inseto endêmico na América Latina e que se oculta principalmente nas casas de barro nas quais vivem muitos dos pobres das áreas rurais da região.

Conforme informações da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a doença é causada por um protozoário, o trypanosoma cruzi. Ele é transmitido durante a alimentação do barbeiro, que suga o sangue das "vítimas". Quando o inseto termina de se alimentar, ele defeca, eliminando os protozoários e colocando-os em contato com a ferida e a pele da vítima. Outra forma de adquirir a doença é pela ingestão de alimentos contaminados com insetos triturados ou com os dejetos deles.




0 Comentários