Campeonato regional promovido por esportista umarizalense tem final neste sábado, 21; Arção e Olho D'água disputam título

Esportista De Assis Pereira
participando do jornal
Umarizal Notícias 

Arção e Olho D’água fazem neste sábado, 21, a grande final do Campeonato Regional de Minicampo de Umarizal. A competição esportiva teve início no mês passado e movimentou os finais de semana no campo de futebol do bairro Caraíbas. A organização do torneio é de responsabilidade do esportista, De Assis Pereira.

De acordo com De Assis, as duas equipes chegam a grande final invictas. Em entrevista na manhã desta quarta-feira, 18, ao jornal Umarizal Notícias, o organizador disse que ambas as equipes eram favoritas desde o início do campeonato a disputarem o título.

“Das quatro principais, estas duas eram desde o início favoritas ao título. Arção, joga pela nossa região e sempre forma times bons, competitivos. Eles nunca montam times para sair na primeira fase. Olho D’água também tem uma equipe boa, com jogadores de renome na região”, detalhou De Assis.

Para chegarem a decisão, Arção e Olho D’água tiveram que desbancar outras duas equipes favoritas: Matonense perdeu para o time de Olho D’água do Borges por 2 a 0 na semifinal, e as Traíras, de virada, foi eliminada pelo Arção por 2 a 1 na mesma fase. “A final será um bom jogo entre duas equipes que jogam para a frente. Vamos ver um jogo disputado e leal, como foram as semifinais”.

Os bons jogos ao longo do torneio atraíram público. Segundo De Assis, somente nas seminais realizadas no final de semana passado, uma média de 150 a 200 pessoas compareceram ao campo do Caraíbas. “Isso é bom, pois nos dá alegria de fazer cada dia mais”.

Ainda na entrevista, De Assis fez uma avaliação positiva da competição. Apesar da premiação não ser expressiva – R$ 1 mil reais para o 1º colocado e R$ 500 reais para o 2º -, quinze equipes se inscreveram e disputaram o campeonato.

“Foi muito bom. Um campeonato sempre disputado, as equipes vieram mesmo para jogar bola. Uma competição dessa, de nível regional, você faz por amizades que você tem. Um time não vai sair lá de Apodi, caso do Arção por exemplo, por causa de uma premiação como a nossa. Elas vêm por amor ao esporte”, finalizou De Assis.

Comentários