About Me

Servidores da Dataprev no RN entram em greve em protesto a demissões na empresa

Servidores da Dataprev no RN entram em greve em protesto a fechamento de escritórios da empresa — Foto: Divulgação
Os servidores da Dataprev no Rio Grande do Norte iniciaram uma greve nesta segunda-feira (27), após o anúncio do fechamento de 20 unidades da empresa pelo Brasil e consequentes demissões de servidores. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores de Processamento de Dados e Informática do RN (Sindpd), o escritório do estado potiguar não está entre os que vão finalizar as atividades, mas a decisão de aderir à paralisação é em solidariedade à categoria.

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) é uma instituição pública ligada ao Ministério da Economia. Ela é responsável por gerir a Base de Dados Sociais Brasileira.

De acordo com Fernando Carneiro, diretor do Sindpd-RN, a greve tem tempo indeterminado de duração, contudo os serviços essenciais, como a folha de pagamento de benefícios, serão mantidos. A categoria quer uma reunião com a diretoria da Dataprev, para encontrar alternativas ao modelo que foi proposto, de fechamento e “demissões voluntárias”.

“Eles propuseram essas demissões e deram 12 dias para que os servidores decidissem se iam, ou não aderir. Teve pouca adesão e eles não informaram o que aconteceria com aqueles que não aceitassem a proposta. Se querem fechar os escritórios, por que não remanejam essas pessoas para o INSS, por exemplo? Nós já temos expertise e damos suporte ao INSS”, afirma Carneiro.


Ainda segundo o sindicalista, o escritório da Dataprev no Rio Grande do Norte tem atualmente 161 funcionários. Ao todo, 493 pessoas atuam nos que serão fechados em outros estados.

Do G1 RN

0 Comentários