Homem tortura vira-lata que cruzou com sua cadela pitbull



Um homem de 50 anos está sendo acusado de enfiar um cabo de vassoura no ânus de um cachorro vira-lata depois que o animal cruzou com a cadela dele, da raça pitbull, que estava no cio.


O caso aconteceu na última sexta-feira (27), no Bairro Jardim Icaraí, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá) e, devido ao estado de saúde do cachorro, a dona dele registrou um boletim de ocorrência nesse domingo (1º).

Conforme o boletim de ocorrência, os dois cachorros escaparam de casa e cruzaram, mas quando o dono da cadela de raça ficou sabendo, ficou irritado e castigou o cão sem raça definida, colocando o cabo de vassoura no ânus dele várias vezes.


Segundo relato da dona, a ação rompeu a barriga do cachorro e todas as crianças da rua assistiram a cena.

Desde a sexta-feira, o cão, que ficou extremamente ferido, não come, nem evacua, só fica em casa chorando de dor devido às feridas abertas.

A mulher, no entanto, não tem condições financeiras de levá-lo a um veterinário e foi pedir ao vizinho causador da violência que pagasse pela consulta.

Ameaça de morte
Porém, ao procurá-lo, segundo o boletim de ocorrência, ela acabou ameaçada de morte.

“Disse que era para ela sair de frente de sua casa, porque senão ele iria mandar seu neto, que é bandido, matá-la”, diz trecho do documento.

Desesperada e temendo pela vida do cão, que sem atendimento irá morrer, a mulher procurou a polícia e registrou um boletim de ocorrência por ameaça, maus-tratos a animais silvestres, domésticos ou domesticados e crueldade contra animais.

Do O Livre

Comentários