'Roubou, mas fez', diz vereadora sobre atos de corrupção de ex-prefeito em cidade do RN


Presidente da Câmara Municipal de Macau, a vereadora Dyana Lira, afirmou na tribuna do Legislativo que um ex-prefeito da cidade da Costa Branca potiguar "roubava, mas fazia", enquanto a atual gestão não rouba, mas não tem obras. As declarações foram feitas durante a abertura do ano legislativo, na noite desta segunda-feira (2), e ficaram gravadas em vídeo da própria Câmara.


“Vou dizer em alto e bom som para quem goste, para quem não goste: o prefeito Flávio Veras foi condenado pelos erros, mas tem meu respeito, porque no tempo que roubava tinha obra em Macau, no tempo que roubava tinha as coisas em Macau. Hoje não tem roubo, e cadê as obras, cadê o dinheiro, cadê as coisas acontecerem? Ladrão, do jeito que eu digo para Lula, digo também, roubou mas fez”, disse.

Procurada pela Inter TV Cabugi, a vereadora Dyana Lira lamentou que chegou à imprensa "apenas parte da discussão", segundo ela, na tentativa de desviar o foco do debate, que cobrava uma prestação de contas da atual gestão do município.

A parlamentar ainda admitiu que foi "infeliz em algumas palavras", no calor do momento. Ela afirmou que a intenção era comparar a atual gestão, que não tem obras e ações para apresenta à cidade, enquanto ex-gestores teriam trabalhado pelo município e disse que vai continuar agindo com respeito ao dinheiro público.

O atual prefeito de Macau, Túlio Lemos, que foi citado pela vereadora, disse que os municípios do país inteiro enfrentam dificuldades financeiras e que isso teria impedido a gestão de realizar obras físicas na cidade. Ele ainda lamentou "a defesa de atos de corrupção" por parte da vereadora.

A Inter TV Cabugi também tentou entrar em contato por telefone com o ex-prefeito Flávio Veras, mas ele não atendeu às ligações. Também foram deixadas mensagens no celular e através das redes sociais, mas ele não respondeu aos questionamentos até a publicação da matéria.

Do G1 RN

Comentários