About Me

Secretário de Saúde e primeira-dama de cidade do RN são diagnosticados com coronavírus; prefeito, vereadores e auxiliares aguardam testes


O primeiro caso de coronavírus confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal, foi o do próprio secretário de Saúde, Jalmir Simões, de 51 anos. O resultado do teste foi divulgado oficialmente pelo município no último sábado (28). Mas ele não é o único caso na cúpula administrativa da cidade.

A primeira-dama do município, Terezinha Maia, também teve diagnóstico positivo para a Covid-19 no domingo (29). O prefeito, Paulo Emídio é tratado como caso suspeito e está em isolamento, enquanto aguarda o resultado do teste. Além deles, dois vereadores e outros dois auxiliares do gestor municipal também aguardam resultados dos exames.


Os casos suspeitos no Legislativo são dos vereadores Márcia Soares e Geraldo Veríssimo. De acordo com o secretário de Comunicação e Eventos, Rodolfo Maia, que também é um dos dois auxiliares com suspeita, todos estão bem e mantendo isolamento. De acordo com ele, o grupo participou de várias reuniões e encontros, por isso não se sabe de quem veio o vírus.

Em mensagem publicada nas redes sociais, a primeira-dama, Terezinha Maia, afirmou que ficou em isolamento desde o surgimento dos primeiros sintomas.

"Senti febre de 38º, boca amargando, dor de cabeça, um pouco de diarreia e dores nos ossos principalmente à noite", relatou na publicação.

Do G1 G1

0 Comentários