Caminhoneiro morre prensado entre própria carreta e a de um amigo


Mato Grosso - Um caminhoneiro de 34 anos, identificado como Anderson da Cruz do Amaral, morreu no último sábado (11) ao ser prensado entre seu próprio caminhão e o de outro amigo caminhoneiro, em um acidente no setor industrial de Marcelândia (640 km de Cuiabá).

A vítima e o colega que o atropelou trabalhavam na mesma empresa e viajavam no mesmo trajeto há mais de 18 dias.

Nesse sábado, os caminhões dos dois estavam estacionados lado a lado no pátio de uma empresa, mas um terceiro caminhoneiro pediu que o colega tirasse o dele para outro estacionar no local, visto que esse outro iria socorrê-lo, por seu caminhão estar sem bateria.

O caminhoneiro acatou o pedido e foi tirar seu veículo. No entanto, ele fez uma manobra muito fechada e Anderson viu que iria atingir seu caminhão.

Anderson correu para tentar avisar o amigo que ele iria bater, mas não houve tempo de parar e o reboque do caminhão do amigo o atingiu e o prensou contra a cabine de seu próprio caminhão.

Alguns caminhoneiros presenciaram a cena. O amigo relatou à polícia que não viu que seu caminhão iria atingir o outro, que só parou o veículo ao ouvir os pneus estourarem e que só viu ter atingido Anderson ao descer do caminhão.

Pedido de socorro
Ele ligou para o hospital para pedir socorro, visto que a vítima ainda estava com vida, e Anderson foi levado para o Hospital Maria Zélia de ambulância.

A Polícia Militar foi acionada, mas quando chegou ao hospital, a vítima não havia resistido e já tinha morrido.

Eles ouviram o motorista, que relatou como tudo aconteceu, e também as testemunhas, que confirmaram a mesma versão.

O caminhoneiro foi levado para a delegacia, onde o caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e danos materiais.

Do O Livre

Comentários