About Me

Pai mata filha por suposto desvio em empresa familiar


Um homem matou a própria filha por acreditar que ela havia desviado R$ 2 milhões de um negócio que eles mantinham juntos. O caso aconteceu em Goiás e está sob investigação da Polícia Civil.

De acordo com reportagem do O Dia, Yara Maeve Teixeira, de 45 anos, foi assassinada a tiros pelo pai, José Maria Alvez, 72. Os dois administravam uma empresa juntos em Aparecida de Goiânia.

Testemunhas disseram que escutaram os tiros e puderam ouvir a mulher implorar pela vida e dizer que amava o pai.

O crime aconteceu dentro da sede da empresa. Alvez fugiu do local, mas foi encontrado. No momento da abordagem, confessou o crime e disse que planejava se matar em seguida. Em depoimento, no entanto, afirmou não se lembrar de nada.

Amigos de Yara afirmaram que ela já teria recebido ameaças do pai. Os dois tinham rompido a sociedade e ela também era acusada por Alvez de “roubar” clientes.

Do Metrópoles

0 Comentários