About Me

Vigilância Sanitária de Umarizal segue no combate ao calazar; equipe testa cães no bairro Caraíbas


A Vigilância Sanitária de Umarizal realizou na tarde desta sexta-feira, 24, testes rápidos de leishmaniose (calazar), em cães do bairro Caraíbas. A ação vem sendo executada pela gestão municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), desde 2017. Os casos da doença no município caíram consideravelmente desde então.

"Graças ao constante trabalho com testes, campanhas de prevenção e as eutanásias de animais com a doença, nosso município hoje tem muito menos casos de cães com calazar", confirmou Raicia Oliveira, coordenadora da Vigilância Sanitária.

Sobre os exames realizados no bairro Caraíbas, quatro animais testaram positivo. A Saúde municipal aguardará a contraprova para seguir com os procedimento de eutanásia.

Prevenção

A prevenção da Leishmaniose Visceral ocorre por meio do combate ao inseto transmissor. É possível mantê-lo longe, especialmente com o apoio da população, no que diz respeito à higiene ambiental. Essa limpeza deve ser feita por meio de:

  • Limpeza periódica dos quintais, retirada da matéria orgânica em decomposição (folhas, frutos, fezes de animais e outros entulhos que favoreçam a umidade do solo, locais onde os mosquitos se desenvolvem).
  • Destino adequado do lixo orgânico, a fim de impedir o desenvolvimento das larvas dos mosquitos.
  • Limpeza dos abrigos de animais domésticos, além da manutenção de animais domésticos distantes do domicílio, especialmente durante a noite, a fim de reduzir a atração dos flebotomíneos para dentro do domicílio.
  • Uso de inseticida. No entanto, a indicação é apenas para as áreas com elevado número de casos, como municípios de transmissão intensa (média de casos humanos dos últimos 3 anos acima de 4,4), moderada (média de casos humanos dos últimos 3 anos acima de 2,4) ou em surto de leishmaniose visceral. 

Da Prefeitura Municipal de Umarizal 

0 Comentários