About Me

Bolsonaro se enrola ao falar de cloroquina e é comparado a Dilma: “Dilmou”

Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se enrolou ao defender o uso da cloroquina em tratamentos contra a Covid-19 em live, realizada nessa quinta-feira (16/07), e acabou virando “meme” nas redes sociais.

A fala confusa do mandatário foi comparada a um pronunciamento da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), que continha pontos desconexos. Pelo Facebook, Bolsonaro disse sobre a cloroquina: “Não tem comprovação que não tem comprovação eficaz. Nem que não tem, nem que tem”.

Publicidade

Porém, em 2015, prestes a sofrer impeachment, Dilma falou: “Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder”.

E na internet, claro, internautas alertaram que Bolsonaro “#Dilmou”. Logo na manhã desta sexta-feira (17/07), a hashtag estava nos Trending Topics do Twitter Brasil.

Outro internauta brincou que nem Bolsonaro entendeu o que foi dito por ele mesmo.

A brincadeira não se resumiu somente à frase dita pelos mandatários do país. Defensores da petista aproveitaram a situação para ironizar a comparação e fazer críticas ao atual presidente do país.

“Já que tão falando que o bolsonaro dilmou, bem que podiam dar um golpe nele tb”, disse, uma internauta.


Do Metrópoles 

0 Comentários