About Me

Pacientes dormem em calçada de posto de saúde para conseguir fichas de exames e consultas em Natal

 Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Pacientes que precisam agendar exames laboratoriais e ou marcar consulta médica na Unidade Básica de Saúde Nova Aliança, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte de Natal, passaram a dormir na unidade para conseguir uma ficha de atendimento.

Nesta sexta-feira (4) Carlos Morais era o primeiro da fila, mas o servidor público chegou ao local por volta das 16h30 da quinta-feira (3) para não perder a vez.

“Teve dias de eu chegar às 3h, às 4h da manhã e não conseguir. Então hoje eu resolvi radicalizar e vir 15 horas antes do posto abrir”, afirma. Ele conseguiu atendimento às 7h40 e agendou um exame laboratorial para a próxima semana.

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Os usuários da unidade de saúde afirmam que essa rotina é comum para quem precisa de atendimento. Ainda de acordo com os pacientes, uma vez por semana, são disponibilizadas 15 fichas de atendimento médico e outras 15 para agendamento de exames laboratoriais.

“Isso não é pra existir. É uma vergonha para um posto de saúde novo desse. Cadê a saúde? Lá em baixo”, protesta o mecânico Célio Miranda, que não conseguiu atendimento.

 Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Quem também não conseguiu atendimento foi a dona de casa Evailza de Oliveira que saiu de casa às 2h40 da madrugada desta sexta, mas não conseguiu ficha para agendar os exames.

“Agora, eu tenho que voltar na próxima quinta de novo. Só um exame desse custa R$ 25 e eu não tenho como pagar. Quinta eu venho às 7 horas da noite para dormir aqui”, explica Dona Evailza.

Publicidade

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal foi procurada, mas preferiu se pronunciar por meio de nota. Sobre os agendamentos de exames, a pasta esclareceu que “devido a pandemia da COVID-19 os atendimentos de exames laboratoriais, referente a outras patologias, haviam sido reduzidos em todas as unidades de saúde da capital em decorrência da baixa procura da população. A partir desta terça-feira (8), o quantitativo de exames estará regularizado”, diz a nota.

Quanto às consulta médicas, a Secretaria contesta a informação dos moradores da localidade e diz que a unidade de saúde conta com cinco médicos para atendimento e que, juntos, realizam 258 atendimentos semanais.

Do G1 RN, por Anna Alyne Cunha, Inter TV Cabugi



0 Comentários