Header Ads Widget

Garota pede socorro à namorada por celular para se livrar de estupro


Um caminhoneiro de 52 anos foi preso por suspeita de tentar estuprar uma adolescente de 13 anos e mantê-la em cárcere privado em Acreúna, na região sudoeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, a vítima teria pedido carona ao suspeito em São Paulo. Ele foi localizado pela equipe de investigação após ela pedir socorro, em mensagem pelo celular, para a namorada.

O homem, de acordo com a investigação, foi localizado em um hotel sem roupas, e a vítima estava de toalha, na noite de sexta-feira (10/12). Segundo a Polícia Civil, a adolescente pediu carona em São Paulo para viajar até Goiás, com o objetivo de encontrar sua namorada. O suspeito nega ter cometido crime.

Por volta das 23 horas, conforme a investigação, a polícia recebeu uma denúncia de que uma adolescente estaria sendo transportada em um caminhão, na BR-060, com destino a Rio Verde, no sul de Goiás, sem autorização de seus pais e contra a vontade dela.

Após isso, a equipe conseguiu localizar o veículo no estacionamento de um hotel em um posto de combustíveis em Acreúna. No momento em que os policiais chegaram ao quarto onde os dois estavam, o homem estava sem roupas, e a adolescente, envolta a uma toalha.

De acordo com informações repassadas pela polícia, a adolescente, então, pediu ajuda aos policiais, informando que estava sendo abusada e que o suspeito havia passado as mãos pelas suas partes intimas e pedido que ela fizesse sexo com ele.

A Polícia Civil confirmou que a adolescente é de São Paulo e viajou até Goiás para se encontrar com a namorada e pediu carona na rodovia. Por isso, segundo a investigação, ela entrou no caminhão do suspeito.

O caminhoneiro, de acordo com a polícia, foi preso e levado para a Central de Flagrantes de Rio Verde. A adolescente foi encaminhada ao Conselho Tutelar de Acreúna. A investigação não informou a cidade onde ela se encontraria com a namorada.

Do Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários